Repository of the Association of Universities Entrusted to the Society of Jesus in Latin America (AUSJAL)

Um olhar sociocultural sobre o feedback corretivo oral na sala de aula de língua estrangeira

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lima, Marilia dos Santos
dc.contributor.author Battistella, Tarsila Rubin
dc.date.accessioned 2015-05-26T17:40:26Z
dc.date.accessioned 2016-11-23T18:25:51Z
dc.date.available 2015-05-26T17:40:26Z
dc.date.available 2016-11-23T18:25:51Z
dc.date.issued 2015-03-23
dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/3672
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/20.500.12032/390791
dc.description.abstract This dissertation aims at discussing the foreign language (FL) learning process in a pre-service teacher education, through the interaction around the corrective feedback and the sociocultural theory concepts. The theoretical basis for this research included the sociocultural theory concepts (mediation, zone of proximal development and dynamic assessment), together with other perspectives, such as the corrective feedback and the emotions in the FL learning. The oral corrective feedback which is provided to learners in the classroom and their potential development were examined. Thus, learners’ perceptions and feelings regarding this phenomenon were observed. Grounded on studies by Aljaafreh and Lantolf (1994) and Nassaji and Swain (2000) about the corrective feedback, sociocultural theory and negotiated meditation with learners, this dissertation analyzes how the sociocultural theory can enhance the interaction around the corrective feedback. The study was conducted with pre-intermediate and intermediate level students at a private institution in the state of Rio Grande do Sul, over the course of the first semester of 2013. Besides the learners - pre-service teachers - the classroom teacher also participated in this study. The research was guided by qualitative principles, from an interpretativist view in the choice of principles and criteria for the preparation and procedures for collecting and analyzing data. Some features of quantitative research were included in the qualitative research in order to help with the exposure and data analysis. The learners and the teacher participated in four research stages: audio and video recording of classroom interaction; written narratives; oral semistructured interviews and viewing sessions. Data analysis focused on the interaction around the corrective feedback, the emic perspective and the data triangulation. During the analysis and the discussion of the results, it was possible to realize that the mistakes and the feedback are part of any learning situation, in the sense of promoting learning and also learners’ development through dialogic interaction. Besides, the results show that feedback is important in promoting FL learning, taking into account learners’ linguistic, cognitive and affective factors. Thus, the main contribution of this dissertation was to shed light on the reflection about the oral corrective feedback by the research participants, corroborating that it can be benefited for the mediation around the zone of proximal development and the dynamic assessment, in the light of sociocultural principles. en
dc.description.sponsorship CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt_BR
dc.language pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade do Vale do Rio dos Sinos pt_BR
dc.rights openAccess pt_BR
dc.subject Feedback corretivo oral pt_BR
dc.subject Oral corrective feedback en
dc.title Um olhar sociocultural sobre o feedback corretivo oral na sala de aula de língua estrangeira pt_BR
dc.type Tese pt_BR
dc.description.resumo Esta tese discute o processo de ensino-aprendizagem de inglês como LE em um contexto universitário de formação de professores, a partir da interação em torno do feedback corretivo oral e dos desdobramentos da teoria sociocultural. Como aporte teórico para esta investigação, foram utilizados os princípios da teoria sociocultural (mediação, zona de desenvolvimento proximal e dynamic assessment), juntamente com outras perspectivas, tais como o feedback corretivo e os fatores afetivos no ensino-aprendizagem de LE. Verificamos os tipos de correção oral fornecidas aos aprendizes em sala de aula e o desenvolvimento potencial dos mesmos, assim como obtivemos informações quanto às percepções e aos sentimentos dos participantes no que diz respeito a esse fenômeno. Partindo das pesquisas desenvolvidas por Aljaafreh e Lantolf (1994) e Nassaji e Swain (2000) sobre o feedback corretivo, a teoria sociocultural e a mediação negociada entre os aprendizes, é tecida uma análise de como a teoria sociocultural pode contribuir para o processo de interação em torno do feedback corretivo oral. A pesquisa foi realizada com estudantes de nível pré-intermediário a intermediário de inglês, em uma instituição privada do interior do estado do Rio Grande do Sul, durante o primeiro semestre de 2013. Além dos aprendizes, futuros professores de inglês, a professora titular da turma também participou do estudo. A pesquisa foi orientada por princípios qualitativos, de perspectiva interpretativista na escolha dos critérios para elaboração e nos procedimentos para a coleta e análise dos dados. Alguns recursos quantitativos foram incluídos à pesquisa qualitativa para auxiliar na exposição e interpretação dos dados. Os alunos e a professora participaram de quatro etapas da pesquisa: gravação em áudio e vídeo das aulas; narrativas escritas; entrevista semiestruturada oral e sessão de visionamento. A análise dos dados focou na interação em torno do feedback corretivo oral, no ponto de vista êmico e na triangulação dos dados. Durante a análise e discussão dos resultados, foi possível perceber que os erros e a correção são parte do processo de qualquer aprendizagem, no sentido de promover o ensino-aprendizagem e o crescimento dos aprendizes, por meio da interação dialógica. Além disso, os resultados revelam que a correção é significativa no sentido de promover o ensino-aprendizagem de uma LE ao ser realizada levando-se em consideração os fatores linguísticos, cognitivos e afetivos dos aprendizes. Assim, a principal contribuição do trabalho foi oportunizar uma reflexão acerca do feedback corretivo oral por parte dos participantes, corroborando que ele pode ser beneficiado pela mediação na zona de desenvolvimento proximal do aprendiz e pelo dynamic assessment, tomando por base os desdobramentos da teoria sociocultural. pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/5774039857178146 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/9415114271961678 pt_BR
dc.publisher.initials Unisinos pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Escola da Indústria Criativa pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada pt_BR
dc.subject.cnpq ACCNPQ::Lingüística, Letras e Artes::Lingüística pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
Tarsila Rubin Battistella.pdf 1.651Mb application/pdf View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

General Search


Browse

My Account