Repository of the Association of Universities Entrusted to the Society of Jesus in Latin America (AUSJAL)

Possibilidades e limites da associação na estruturação de unidades locais de reciclagem: o caso da Associação Nora: Novo Osasco reciclando atitudes dos trabalhadores com materiais recicláveis

Show simple item record

dc.contributor.advisor Gaiger, Luiz Inácio Germany
dc.contributor.author Souza, José Raimundo de pt_BR
dc.date.accessioned 2015-03-04T22:00:54Z
dc.date.accessioned 2016-11-23T17:41:30Z
dc.date.available 2015-03-04T22:00:54Z
dc.date.available 2016-11-23T17:41:30Z
dc.date.issued 2005-08-19
dc.identifier.uri http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/2116
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/20.500.12032/389268
dc.description.abstract The approach of this research is the actions that gather picker-garbages and, even in informality or legalized as associations, they are generally called as “recycling cooperatives”. But, for these picker-garbages, an association format gives a strong socioeconomic and cultural link, and also a flux of work and resources that happen between the structure of the economy in the enterprise and the personal and family economy. The hypothesis is that the association model represents a kind of organization that allows the beginning of the enterprise as an extension of each individual´s domestic unities, giving the possibility of legalization without forcing them to make a choice between their family and their work. This, instead of demanding an exclusive dedication, makes possible the joining between reproduction and production (subsistence ways), defined by a unique logic: of life’s broader reproduction en
dc.description.sponsorship Programa Internacional de Bolsas de Pós-Graduação da Fundação Ford pt_BR
dc.language pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade do Vale do Rio do Sinos pt_BR
dc.rights openAccess pt_BR
dc.subject empreendimento eco-solidário pt_BR
dc.subject echo-solidary enterprises eco-solidário en
dc.title Possibilidades e limites da associação na estruturação de unidades locais de reciclagem: o caso da Associação Nora: Novo Osasco reciclando atitudes dos trabalhadores com materiais recicláveis pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR
dc.description.resumo Esta pesquisa aborda ações que agregam catadores de papel e que, embora se mantenham na informalidade ou se legalizem como associações, são geralmente identificadas como “cooperativas de reciclagem”. Para os catadores de papel, no entanto, o formato da associação permite a existência de vínculos socioeconômicos, culturais e fluxos de trabalho e de recursos, que se dão entre a economia em estruturação no empreendimento e as economias dos indivíduos e das famílias que o integram. A hipótese é a de que o modelo da associação representa uma forma de organização que permite o surgimento do empreendimento como uma extensão das unidades domésticas dos indivíduos que o compõem, possibilitando a legalização da ação sem, no entanto, obrigá-los a optarem entre sua família ou o trabalho. Este, ao invés de exigir dedicação exclusiva, antes possibilita a união entre a reprodução e a produção (meios de subsistência), regidas por uma mesma lógica: a da reprodução ampliada da vida pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/9518063871622457 pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/7899986884362210 pt_BR
dc.publisher.initials UNISINOS pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.publisher.department Escola de Humanidades pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais pt_BR
dc.subject.cnpq Ciências Sociais Aplicadas pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
Possibilidades e limites da associacao.pdf 1.084Mb application/pdf View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

General Search


Browse

My Account